Estuda inglês mas tem dificuldade? Não sabe se seus estudos
estão surtindo efeito? Está na hora de você tentar o Inglês na Rede.

Tudo o que você precisa para colocar seu
inglês em prática e atingir fluência.

Seja um membro PRO ➜

Uma das inúmeras e mais óbvias vantagens de se estudar no exterior é a experiência cultural. Cursar uma instituição de ensino em outro país, desde escolas de idioma a universidades renomadas, é uma garantia de que você vivenciará a vida estudantil estrangeira e conhecerá pessoas de todas as partes do mundo. Com certeza, você fará amizades que durarão muito além do período de estudos no exterior.

Totalmente cientes desta vantagem multicultural, as instituições de ensino internacionais costumam implementar programas e atividades sociais, esportivas e culturais que complementem a vida estudantil além das salas de aulas. De fato, a “perspectiva internacional” é, inclusive, um dos cinco fatores principais de avaliação usados pela Times Hgher Education em seus famosos rankings mundiais das melhores universidades do mundo. Portanto, quanto mais estudantes estrangeiros estudam, participam como acadêmicos visitantes e contribuem com pesquisas, melhor a universidade se posiciona no ranking.

Existem diversas formas de fazer parte da vida estudantil em uma instituição estrangeira:

  • Sociedades e clubes estudantis: grupos que se reúnem graças a interesses em comum. Mantidos e formados por estudantes, as sociedades e os clubes podem ter os mais variados temas, sejam eles acadêmicos, sociais, esportivos, religiosos, etc.: fotografia, ciências, teatro, xadrez, esportes radicais, literatura, política, trabalhos comunitários, empreendedorismo, arqueologia e muito, muito mais. Geralmente, se o estudante não encontrar nada que o atraia, ele pode reunir um número certo de pessoas e criar um novo clube. Há também opções específicas para estudantes internacionais, como, por exemplo, Sociedade de Estudantes Latinos ou Sociedade de Cultura Asiática. (Para entender mais sobre o assunto, veja a lista de todas as sociedades atuais da Universidade de Oxford aqui.)
  • Fraternidades e irmandades: mais comum no sistema acadêmico da América do Norte, as fraternidades (para estudantes do sexo masculino) e irmandades (sexo feminino) são grupos sociais que promovem o desenvolvimento do caráter, habilidades de liderança e a amizade. Normalmente, são formadas por estudantes de uma mesma área de estudo e são exclusivas para membros que forem aceitos pela liderança da fraternidade (geralmente, com algum tipo de trote ou festa). Nos Estados Unidos, as fraternities e sororities têm nomes em grego (como você pode ver aqui).
  • União Estudantil: a Student Union tem como objetivo principal representar a voz do corpo discente na instituição (muitas vezes há, inclusive, um Governo Estudantil eleito pelos membros da União). É a sua equipe, formada por estudantes, que garantirá que todas as necessidades dos discentes sejam compreendidas e atendidas. A União costuma ocupar um prédio todo, com bares, cafés, casas noturnas; e organizar todo tipo de atividade, desde palestras com personalidades famosas a shows internacionais.
  • Equipes esportivas: outro tipo de atividade muito importante na vida estudantil no exterior, principalmente nos Estados Unidos, são as esportivas. As universidades costumam ter equipes e times (com nome e mascote) que competem em eventos internos e externos, interuniversitários locais, estaduais e nacionais. Nos EUA, por exemplo, existe a famosa organização National Collegiate Athletic Association (NCAA) que promove competições universitárias em três divisões (I, II e III) em uma variedade de esportes, como basquete, basebol, corrida, futebol americano, golfe, tênis, luta greco-romana, etc.

 

Outras atividades

Em instituições com uma forte comunidade de estudantes estrangeiros, é bastante comum a realização de Feiras Internacionais, nas quais são expostos aspectos da cultura de origem de cada estudante, como danças, vestuários, pratos e outras tradições.

Os prédios residenciais e dormitórios acadêmicos das universidades também costumam ser centros de atividades sociais e culturais. São organizadas noites de cinema, karaokê, jantares, festas, entre outros eventos que ajudem a socialização dos estudantes nas horas vagas.

Em escolas de idioma, costumam-se organizar atividades de conversação, sejas elas festas na própria escola, uma ida ao supermercado, ou qualquer atividade em que os estudantes possam treinar na prática o aprendizado adquirido nas salas de aulas. Tours ou viagens pela região também são bastante comuns.

 

Destinos de estudo

Conheça um pouco mais sobre a vida estudantil em diferentes destinos de estudo:

Inglaterra

Austrália

Canadá

Holanda

Nova Zelândia

Irlanda

Suécia

Hong Kong

Malásia

Que tal ser um membro PRO ou PRO Plus? Saiba como lhe ajudamos a aprender inglês. Veja as vantagens!

Apoio Hotcourses Brasil

A Hotcourses é uma instituição fundada no Reino Unido em 1996, com mais de 20 anos de experiência no setor de educação. Ela tem parcerias de confiança com universidades, trabalhando lado a lado com as principais organizações internacionais de educação. Além de ter o maior e mais abrangente banco de dados de universidades e cursos do mundo.

Mais artigos do Almanaque