O ser humano possui uma capacidade extraordinária de absorver informações, e principalmente, de modificar tais informações para se adaptar ao seu ambiente. Nós fazemos isso diariamente através do uso escrito ou falado de palavras e expressões idiomáticas.

Aos poucos, e ao longo dos anos, algumas dessas palavras que antes eram novas e desconhecidas, acabam sendo adaptadas e colocadas em uso em nosso próprio idioma. Já outras palavras são tão bem aceitas pela população e nenhuma modificação é necessária, pois os falantes entendem que sua versão original é a correta.

Quando chegamos a esse patamar, fica extremamente difícil identificar o que é língua materna/local e o que é anglicismo, ou seja, quais palavras foram modificadas.

Nesse artigo você irá aprender o que é o anglicismo e entender também como ele é usado em nosso idioma. Aqui, vamos focar apenas de anglicismo em inglês, pois o nosso foco é melhorar cada vez mais neste idioma, mas tenha em mente que outros idiomas também podem ser usados para criar e adaptar palavras e frases.

 

Anglicismo, o que é

Anglicismo, ou anglicism em inglês, é uma palavra que para nós brasileiros possui dois significados diferentes.

 

1º Significado

Palavra ou frase que pertence ao inglês britânico.

Ou seja, existem algumas palavras que são usadas exclusivamente no inglês britânico. Em certos contextos, é correto dizer que tais palavras são anglicistas.

 

2º Significado

Significado mais comum para nós brasileiros: Uma palavra ou expressão de outro idioma, a língua inglesa, que foi introduzida ao nosso idioma.

A segunda explicação é a que nos interessa. Pois, diariamente, nós fazemos uso de várias palavras que não são originalmente de nosso idioma e sim, foram introduzidas em nossa língua.

É importante reforçar que a língua inglesa não é o único idioma que retiramos palavras. Nós “pegamos” palavras e frases de outros idiomas também. Neste artigo vamos focar apenas na língua inglesa, pois nosso objetivo aqui é aprender inglês. 🙂

 

Entendendo o Anglicismo

Até agora aprendemos apenas a parte teórica, ou seja, o que é o Anglicismo. Nesta parte, iremos mergulhar em alguns exemplos de como este substantivo é utilizado em nosso próprio idioma.

Leia as frases abaixo que foram aportuguesadas. Depois de ler as frases, releia uma a uma e tente verificar se certas palavras tem algum equivalente em inglês.

  • O rapaz levou um nocaute do outro enquanto brigavam.
  • Todos aqui jogam futebol aos domingos.
  • Quando o atacante entrou na pequena área, o zagueiro fez pênalti.
  • Eu gosto de tomar um uísque no final da tarde, e você?
  • Mãe, assa dois bifes mal passados pra mim.

 

O texto parece está usando o português de forma correta, sem erros gramaticais, e de fato está. Mas existem algumas curiosidades nestas frases. Por exemplo, um estudante de inglês atento poderá perceber que algumas palavras se parecem muito com palavras equivalentes em inglês.

Bife não é muito parecido com beef?  Futebol não é muito similar a football? Uísque não é quase idêntico a whisky? Outra palavra muito parecida: nocaute e knockout. E por último, pênalti e penalty, onde esse último parece até gêmeos.

Pelo menos na pronúncia, cada uma das palavras usadas nas frases acima, tais como, nocaute, pênalti, bife, etc, são estranhamente muito parecidas com as versões em inglês. E isso não é coincidência. Isso é na prática o que chamamos de Anglicismo. É você pegar uma palavra em outro idioma e adaptar ao seu idioma.

 

Criando novas palavras

Esse processo de aportuguesamento não é o único meio que usamos para criar novas palavras, ou seja, usando palavras de outros idiomas. Acredite ou não, mas nós brasileiros vamos além disso.

Nós não apenas “pegamos” certas palavras e colocamos em uso em nosso idioma, mas também criamos novas palavras com os anglicismos da língua inglesa.

Veja abaixo três exemplos para você entender como fazemos essa criação de novas palavras com os anglicismos.

 

Motoboy – Motobói

Conhece a palavra Motoboy? O curioso é que essa palavra não existe na língua inglesa, pois ela não é usada em inglês e sim em português. A palavra motoboy foi formada com a junção de moto (de motocicleta) + boy (de garoto, tradução do inglês). Em português também pode se escrever motobói. Seria a forma aportuguesada do motoboy.

O importante que entenda nesse exemplo acima é que a criação foi feita juntando duas palavras, onde uma delas é de outro idioma, moto (português) e boy (inglês), motoboy/motobói.

Uma teoria seria que a palavra boy, usada na palavra motoboy, pode ter sido retirada da junção em inglês office boy. Devido ao contexto, é bem fácil que esse deve ter sido o lugar de onde a junção foi criada.

 

Ao invés de dizer office boy, começaram a falar motoboy, já que geralmente é um rapaz numa moto. Acredito que office pode ter sido mais complicado de ser utilizado, principalmente para quem tem pouco estudo ou que acha o inglês difícil.

 

Outdoor – Billboard

Além de fazer junções com palavras, existem palavras que mesmo usando a mesma sintaxe, damos um significado diferente de seu original.

Veja a criação de significado da palavra outdoor. Outdoor no Brasil significa aqueles cartazes expostos em placas gigantes nas ruas. Porém, seu significado usado no português não tem correlação com seu significado em inglês. Ou seja, em inglês, outdoor tem uma tradução e significado totalmente diferente.

A tradução da palavra outdoor para o português significa “externo, ao ar livre”. Já para expressar os cartazes grandes nas ruas em inglês, você diz billboard e não outdoor.

Fazer esse tipo de criação é preocupante, pois o estudante de inglês pode acabar usando palavras achando que sabe o seu significado e uso e acabar cometendo erros.

O estudante precisa ficar atento ao anglicismo para não cometer gafes ao falar ou escrever em inglês.

 

Gol – Goal

Esse é um dos anglicismos mais interessantes por ser um dos mais usados ou mais conhecidos aqui no Brasil. Porém antes de explicar sua diferença, pare um pouco e pense, você já assistiu algum jogo de futebol em inglês? Percebeu que os torcedores não gritam “gol” na hora que os jogadores fazem um gol?

Pois bem, a palavra gol surgiu da palavra goal, que em português, significa objetivo, foco, destino. É comum você ouvir os narradores gritarem “goal” em inglês, mas não é comum os torcedores gritarem, eles simplesmente gritam de felicidade.

É comum os narradores gritarem goal, pois se tornou comum em jogos de futebol. Mas a maioria dos torcedores em países falantes de língua inglesa não seguem o mesmo costume.