Qual a importância da gramática? – Com Philip Camanducci

pão cortado com faca
Use a habilidade da gramática como você usa a faca.

Qual a importância da gramática pra você? Gramática é um assunto que assusta muita gente. Uns amam, outros odeiam. Já são mais de 11 anos de experiência ensinando inglês a diversos níveis de alunos e frequentemente nesta jornada eu me deparo com a indagação: “Quero focar só na conversação e não na gramática”.

No começo da carreira uma lágrima imaginária caía ao escutar essa frase. Com o passar do tempo me tornei mais empático e percebi que o meu jeito de aprender gramática não é o mesmo dos meus alunos. Eu sempre gostei de estudar as regras, as exceções e por muito tempo achei que esse era o melhor método de aprender inglês. Hoje, tenho certeza que pode até ser um bom método, mas está longe de ser o melhor.

Uma das primeiras coisas que você deve fazer é se perguntar: “Qual é o meu objetivo ao aprender inglês?” Apartir dessa resposta sua atitude com a gramática pode ser determinante. Já que você estará definindo a importância da gramática nos seus estudos da língua inglesa.

O meu objetivo ao começar a estudar sério a língua inglesa era me tornar professor. No início das aulas particulares, eu já tirava proveito do aprender realmente o idioma e ao mesmo tempo observava o método que a minha professora nos ensinava.

A maioria das pessoas não tem esse objetivo, sendo o inglês apenas um instrumento em suas vidas. Por falar em instrumento, vamos comparar a habilidade de usar a gramática com a sua habilidade de usar uma faca.

Todos nós aprendemos a usar uma faca desde cedo. Seja para apenas passar a manteiga no pão, como cortar um bolo e até a façanha de cortar um pedaço de frango. Cada alimento requer uma habilidade com a faca.

Há pessoas que usam a faca no intuito de entreter. Você já deve ter assistido vídeos de pessoas lançando facas ao se apresentar em público e algumas pessoas até engolem facas mostrando grande habilidade com o instrumento. Há pessoas que fazem lindas esculturas em frutas e alimentos com a mesma faca que você corta seu pão.

Essas habilidades com o instrumento “faca” serão importantes para você de acordo com a sua necessidade.

Podemos ilustrar assim que a faca é o mesmo que a gramática e o quanto vamos estudá-la e qual a importância da gramática na sua vida, irá depender do que você realmente precisa e está buscando.

Se você for um professor, redator ou jornalista: você terá que usar a gramatica com a mesma perfeição daqueles artistas de circo e com a mesma destreza de quem faz esculturas em frutas. Se você está começando a sua jornada do aprendizado da língua inglesa agora, talvez a habilidade de cortar um pão seja suficiente.

Se você envia e-mails em inglês e/ou cartas formais, confecciona contratos importantes ou comunicados em uma empresa, você deverá usar a gramática com a mesma habilidade de quem corta um bolo de uma festa ou o frango assado do domingo. Imagina o desastre se você cortar errado um bolo de casamento?! Confesso que eu nunca arriscaria fazer isso. Cortar um frango assado também é um desafio, tanto que eu e 99% dos brasileiros já pede o frango cortado.

Um desastre parecido pode acontecer quando você usa linguagem informal ou um erro gramatical crasso que atrapalha a leitura de um e-mail ou o entendimento de um comunicado importante. Se você precisa do inglês apenas para se comunicar, nas viagens ou em outros assuntos, talvez as habilidades básicas sejam suficiente.

Mas, CUIDADO! Quem nunca já cortou o dedo ao cortar um pão francês? Ou seja, mesmo em tarefas básicas, o conhecimento da gramática básica se faz necessário. Esse é um dos motivos que sempre passo exercícios gramaticais aos meus alunos e ensino a estudarem e fazerem os exercícios por conta própria.

Faço correções orais incentivando a conversação tão desejada e procurada por todos. Se o aluno demonstra esse comprometimento de estudar gramática de uso sozinho e com o meu futuro feedback nas correções, eu libero o uso da conversação e outras habilidades durante as aulas. Se não há essa preparação, fazemos os exercícios juntos.

Acho um método que faz o aluno criar a responsabilidade devida no aprendizado da língua inglesa. Por isso não ame nem odeie a gramática, mas saiba usá-la de acordo com a sua necessidade.

Deixe na área de comentários se deseja saber mais sobre gramática de uso e gramática normativa.

Assine nossa Newsletter

Se junte a outros estudantes de inglês iguais a você e assine a newsletter para receber
artigos do Almanaque, perguntas da Sala e ficar informado da publicação de novas dicas de inglês. Não enviamos spam.

Você precisa está logado para deixar um comentário. Ainda não é membro, faça parte, é gratuito! :D

Logar ou Seja PRO ➜