Estudar Inglês na Irlanda com Bruno Rodrigues

Olá pessoal, hoje publico o artigo do Bruno Rodrigues, do Blog EuroXperience. Convidei o Bruno a escrever um artigo especialmente aqui para o Blog Inglês na Rede contando sua experiência em seu intercâmbio na Irlanda. Espero que suas dicas e depoimento os inspirem a fazer um intercâmbio também!

Olá! Meu nome é Bruno Rodrigues e tenho 24 anos. É com grande prazer que aceito o convite do meu amigo Renato Alves em escrever para o Blog Inglês na Rede sobre a minha experiência de intercâmbio em Dublin. Estou cursando o nível intermediário em uma escola de inglês e morando há três meses com a minha namorada, compartilhando uma casa com outros três brasileiros e um tcheco.

Eu poderia escrever diversas coisas sobre intercâmbio, mas ao invés de sair um post, sairia um livro! Por isso, vou me limitar a comentar um pouco sobre os pontos positivos e interessantes de estudar inglês em Dublin para, quem sabe, você se interessar em saber mais sobre o assunto.

 

Maior carga horária

Enquanto no Brasil as escolas em geral oferecem pouquíssimas horas de aula, em Dublin a carga horária semanal é de, no mínimo, 15 horas. Eu tenho aula de segunda à quinta-feira das 9h00 às 13h00 com intervalo de 20 minutos às 11h00. A primeira aula é focada em gramática, já a segunda aula é mais descontraída, focada em atividades para incentivar a conversação.

 

Vivenciando o idioma

O fator “sobrevivência” potencializa o seu aprendizado tanto do speaking quanto do listening. Você pratica fora da escola e até dentro de casa se, por exemplo, você morar com pessoas de outras nacionalidades, o que acaba sendo uma questão de necessidade de comunicação.

 

Diversos sotaques

Dublin é uma cidade cosmopolita, sendo assim, existe uma grande miscigenação de culturas: espanhóis, venezuelanos, franceses, africanos, etc. Cada um carrega um sotaque particular. Até mesmo a fala dos nativos, acaba sendo um verdadeiro desafio para o desenvolvimento do seu listening. Um vídeo curioso que recomendo é o “The English Language in 24 accents”. (Assista abaixo) Nele um garoto interpreta, ao longo dos 8 minutos de vídeo, 24 tipos de sotaques de pessoas falando em inglês. É bem engraçado e interessante.

 

Particularidades do idioma

A cidade de Dublin, capital da Irlanda, faz parte da Europa. Por isso, o inglês falado segue o estilo britânico. No Brasil, geralmente somos condicionados a aprender o inglês americano e, por isso, tropeçamos em algumas palavras que, embora tenham seu significado compreendido, soam estranhas para o ouvido de uma pessoa nativa. Alguns exemplos:

 

  • Para dizer “também”, ao final de uma frase, usa-se a expressão as well ao invés de too.
  • Para dizer “com licença” usa-se sorry ao invés da expressão excuse me.
  • Para dizer “posto de gasolina” usa-se a combinação de palavras petrol station (garage) ao invés de gas station.
  • Para dizer “lixo” usa-se rubbish ao invés de trash.

 

Como acredito na vantagem competitiva que o intercâmbio agrega ao CV, e o enriquecimento cultural que traz para a vida pessoal, montei, junto com a minha namorada, o blog EuroXperience (http://www.euroxperience.com/) para ajudar o público interessado em intercâmbio na cidade de Dublin (e para os que não são também!). Se você tiver dúvidas comente aqui que terei o prazer em tentar ajudar.

Mais uma vez quero agradecer ao Renato pelo convite e até mais!

Assine nossa Newsletter

Se junte a outros estudantes de inglês iguais a você e assine a newsletter para receber
artigos do Almanaque, perguntas da Sala e ficar informado da publicação de novas dicas de inglês. Não enviamos spam.

Você precisa está logado para deixar um comentário. Ainda não é membro, faça parte, é gratuito! :D

Logar ou Seja PRO ➜